Insulina, medicamentos e outro tratamento para diabetes 1 A Diabetes não tem cura. Ela pode ser revertida ou estabilizada.

Tomar insulina ou outros medicamentos é muitas vezes parte do tratamento para diabetes. Juntamente com escolhas alimentares saudáveis ​​e atividade física, a medicina pode ajudá-lo a controlar a doença. Algumas outras opções de tratamento para diabetes também estão disponíveis.

Tratamento para diabetes: Quais medicamentos posso tomar para diabetes?

O medicamento que você toma varia de acordo com o seu tipo de diabetes e com o grau de eficiência com que o medicamento controla os níveis de glicose no sangue, também chamados de açúcar no sangue.

Outros fatores, como suas outras condições de saúde, custos de medicação e sua programação diária podem ter um papel importante no remédio para diabetes que você toma. Sendo assim, é importante entender sobre os tipos da doença para só depois saber sobre o melhor tratamento para diabetes.

Diabetes tipo 1

Se você tem diabetes tipo 1, deve tomar insulina porque seu corpo não faz mais esse hormônio. Você precisará tomar insulina várias vezes durante o dia, inclusive com as refeições. Além disso, também pode usar uma bomba de insulina, que lhe dá doses pequenas e constantes ao longo do dia.

Diabetes tipo 2

Algumas pessoas com diabetes tipo 2 podem gerenciar sua doença fazendo escolhas alimentares saudáveis ​​e sendo mais ativas fisicamente. Muitas pessoas com diabetes tipo 2 também precisam de medicamentos para diabetes.

Com o tempo, você pode precisar de mais de um medicamento para diabetes para controlar a glicose no sangue. Mesmo que você não tome insulina, pode ser necessário em momentos especiais, como durante a gravidez ou se estiver no hospital. É importante ter um tratamento para diabetes para cada caso.

Diabetes gestacional

Se você tem diabetes gestacional, deve primeiro tentar controlar seu nível de glicose no sangue, fazendo escolhas alimentares saudáveis ​​e praticando atividade física regularmente como um tratamento para diabetes.

Caso não consiga atingir sua meta de glicose no sangue, seu médico com certeza conversará com você sobre os medicamentos para diabetes, como a insulina ou a pílula para diabetes metformina, que podem ser seguros para você durante a gravidez.

Não importa que tipo de diabetes você tenha, tomar medicamentos para a doença todos os dias pode parecer um fardo às vezes. Você também pode precisar de medicamentos para outros problemas de saúde, como pressão alta ou colesterol alto, como parte de seu plano de tratamento para diabetes. Por isso, é importante seguir sempre corretamente o tratamento.

Tratamento para diabetes: Quais são os diferentes tipos de insulina?

Vários tipos de insulina estão disponíveis. Cada tipo começa a funcionar em uma velocidade diferente, conhecida como “início”, e seus efeitos duram um período de tempo diferente, conhecido como “duração”.

A maioria dos tipos de insulina atinge um pico, que é quando ela tem o efeito mais forte. Depois disso, os efeitos da insulina se desgastam nas próximas horas aproximadamente. Tudo depende do tratamento para diabetes utilizado.

A maneira de tomar insulina pode depender do seu estilo de vida e preferências. Você pode decidir que as agulhas não são para você e preferir um método diferente. Converse com seu médico sobre as opções e veja o que é melhor para o seu caso.

A maioria das pessoas com diabetes usa uma agulha e seringa, caneta ou bomba de insulina. Inaladores, portas de injeção e injetores de jato são menos comuns.


Insulina, medicamentos e outro tratamento para diabetes 2

Agulha e seringa

Você vai se dar injeções de insulina usando uma agulha e uma seringa. Para isso, vai retirar a sua dose de insulina do frasco. A insulina funciona mais rápido quando você injetar em sua barriga.

Outros pontos de injeção incluem coxa, nádegas ou parte superior do braço. Algumas pessoas com diabetes que tomam insulina precisam de duas a quatro doses por dia para atingir seus alvos de glicose no sangue.

Caneta

Uma caneta de insulina parece uma caneta normal, mas tem uma agulha na ponta. Algumas canetas de insulina vêm cheias de insulina e são descartáveis. Outras têm espaço para um cartucho de insulina que você insere e depois o substitui após o uso.

As canetas de insulina custam mais do que as agulhas e seringas, mas muitas pessoas as acham mais fáceis de usar. É um tratamento para diabetes muito eficaz.

Inalador

Outra forma de tomar insulina é respirar insulina em pó de um inalador para a boca. A insulina entra em seus pulmões e se move rapidamente em seu sangue. Essa insulina inalada é apenas para adultos com diabetes tipo 1 ou tipo 2.

Injetor de jato

Este dispositivo envia um spray fino de insulina para a pele a alta pressão, em vez de usar uma agulha para administrar a insulina.

Quais medicamentos orais tratam diabetes tipo 2?
Você pode precisar de medicamentos, juntamente com uma alimentação saudável e hábitos de atividade física para fazer o tratamento para diabetes tipo 2. Além disso, pode também tomar muitos medicamentos para diabetes por via oral.

A maioria das pessoas com diabetes tipo 2 inicia tratamento médico com metformina em pílulas. A metformina também vem como um líquido, caso prefira. É válido ressaltar que a metformina reduz a quantidade de glicose que o fígado produz e ajuda o corpo a usar melhor a insulina. Este medicamento pode ajudá-lo a perder uma pequena quantidade de peso.

Tratamento para diabetes tipo 1

Pessoas com diabetes tipo 1 (DM1) podem viver vidas longas e felizes com o cuidado adequado e o manejo da doença. Os avanços nos tipos de medicação e métodos de entrega dão às pessoas a liberdade de escolher quais opções de tratamento para diabetes funcionam melhor com suas circunstâncias particulares. Os prognósticos da DM1 podem ser bem melhorados com uma combinação de tratamentos e escolhas de estilo de vida.

Insulina e outros medicamentos

Diabetes tipo 1 é gerenciado através do uso de uma variedade de insulinas. As pessoas com DM1 devem trabalhar em estreita colaboração com sua equipe médica para encontrar o tratamento correto com insulina para sua condição.

A insulina, como citado anteriormente, pode ser administrada através de seringas ou canetas, bombas ou novos sistemas de pâncreas artificiais. Independente do método de administração, a frequência e o tipo de dosagem de insulina variam caso a caso, as injeções podem ser necessárias várias vezes por dia.

Metformina

Combinado com insulina, dieta e exercício, a metformina é prescrita às pessoas com DM1 para ajudar no tratamento de diabetes. A metformina ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue do corpo e como o fígado processa o açúcar.

Medicamentos para pressão arterial, medicamentos para o colesterol e aspirina

Medicamentos para pressão alta e colesterol alto, assim como aspirina, podem ser prescritos junto com a insulina para ajudar na saúde geral e no tratamento para diabetes. Como as pessoas com diabetes têm uma chance maior de desenvolver doenças cardiovasculares, essas drogas são usadas em combinação com outros medicamentos para diabetes.

Monitoramento diário e estilo de vida
O tratamento para diabetes tipo 1 inclui monitoramento e escolhas de estilo de vida, além de medicamentos. Cada um desempenha um papel na gestão e mitigação dos efeitos do diabetes tipo 1.

Monitoramento de açúcar no sangue
Conhecer os níveis de açúcar no sangue e agir de acordo é uma das formas mais importantes de tratar o DM1. O monitoramento permite que uma pessoa saiba quando a insulina pode ser necessária para corrigir o alto nível de açúcar no sangue ou quando os carboidratos podem ser necessários para corrigir o baixo nível de açúcar no sangue.

O monitoramento de açúcar no sangue pode ser feito usando medidores tradicionais ou monitores de glicose contínua (CGMs) e é um ótimo tratamento para diabetes.

Contagem de carboidratos
As pessoas com DM1 trabalham com um endocrinologista para determinar a relação adequada entre insulina e carboidrato. Essa proporção é a quantidade de insulina necessária para equilibrar a ingestão de uma certa quantidade de carboidratos (normalmente medida em gramas).

Medir a quantidade de carboidratos e fatorar a proporção de insulina para carboidratos (I: C) ajuda a manter níveis bons ​​de açúcar no sangue após a ingestão.

Por exemplo, se seu I: C é 1:12 e você tem uma maçã que contém 24g de carboidratos, então seria necessário tomar duas unidades de insulina. Tomar essas duas unidades de insulina antes de comer a maçã ajuda a evitar uma alta ou baixa flutuação de açúcar no sangue após o lanche.

Exercício e dieta
Uma dieta equilibrada é fundamental para a saúde do diabético, pode até ser conseiderada um tratamento para diabetes. Pessoas com DM1 se beneficiam de uma mistura saudável de todos os quatro grupos de alimentos, com foco em uma menor ingestão de carboidratos vazios.

Comer bem e se exercitar regularmente são importantes. Garantir a ingestão nutricional adequada e manter um peso saudável ajuda a reduzir os efeitos do desgaste diabético no corpo.

Check-ups médicos regulares
As pessoas com DM1 se reúnem regularmente com uma equipe de profissionais médicos (endocrinologista, oftalmologista e nutricionista) para ajudar a controlar o diabetes e evitar os efeitos que ele tem sobre o corpo.

Diabetes pode causar desgaste nos rins, olhos, coração e sistema circulatório. Alguns desses problemas de saúde secundários podem apresentar-se em elevados níveis de açúcar no sangue, urina escura, náuseas / vômitos, visão irregular e muito mais. Por isso o tratamento para diabetes eficaz é tão importante.

As equipes médicas devem estar bem informadas sobre o seu caso de diabetes e prontamente preparadas para ajudar. É importante sempre consultar um médico para saber qual o melhor tratamento para diabetes para o seu caso.


Insulina, medicamentos e outro tratamento para diabetes 2